Anne With an E, e as lições valiosas que levarei pra vida

Existem momentos em nossas vidas que são memoráveis, e é difícil de esquecer. Seja um momento bom ou ruim, a gente sempre lembra, e se duvidar nos recordamos até da hora exata. Algumas pessoas guardam na memória momentos bons com mais facilidade, e outras insistem em reviver mentalmente aquela situação que não foi tão legal assim. Gostaria de recordar um momento que fez toda a diferença para mim.

Quando apertei o play e comecei a assistir a série da Netflix “Anne With an E”

Lembro-me como se fosse ontem, era 06 de maio de 2017, por volta das 22:30h. Estava em Florianópolis, e havia passado o dia todo em um curso da Fundação Estudar o Liderança na Prática  32 Horas, estava entusiasmado com tanta informação e coisas maravilhosas que havia vivido durante o dia. Resolvi antes de dormir assistir algo na TV, e como não encontrei nada de interessante, a solução foi assistir algo pelo streaming. 

Chega aquela situação que a gente bem conhece, olha daqui, pesquisa dali, e nada chama nossa atenção o suficiente para nos levar a apertar o play. Passados 15 min, cansado de escolher o que assistir dentre aquele universo de possibilidades encontrei algo que chamou atenção. Confesso que apertei o play somente porque achei a capa interessante, uma menina com uma coroa de flores na cabeça, pássaros e borboletas.  

Aquilo que seria um passa tempo pra me induzir ao sono me levou a ir dormir às 3h da manhã. Eu não queria parar de assistir, a cada instante ficava mais envolvido com a história, estava emocionalmente conectado com a Anne. Agora vem Spoiler.

Anne With an E é uma série canadense, baseada no livro (Anne de Green Gables) da escritora Lucy Maud Montgomery. O livro foi lançado originalmente em 1908, e tem como enredo a história de vida de uma órfã. Anne foi adotada aos 11 anos por um casal de irmãos solteirões, Matthew e Marilla, solitários por muitos anos acabam solicitando ao orfanato um menino para ajudar na fazenda, mas acabaram recebendo a Anne. 

Apesar de muito nova, a menina já viveu muitas coisas em sua vida, passou por muitas dificuldades, e mesmo assim aparece radiante, com um largo sorriso no rosto e feliz da vida que passará a ter um lar para chamar de seu. Podemos dizer que Anne é uma garota singular, cheia de sardas e um cabelo cor de fogo, mas o que a torna mais especial é sua personalidade, que deixa rastros por onde passa. 

Falante, corajosa, sonhadora, e com uma imaginação extraordinária

Embora tenha vivenciado muito sofrimento, Anne não perde a capacidade de enxergar todas as possibilidades que a vida nos dá. Adora ler livros, e os devora num piscar de olhos, com isso possui um vocabulário interessante e encantador. 

Fiquei tão envolvido com a série que assisti o restante dos episódios no dia seguinte. Confesso que Anne me fez encarar a vida com outros olhos, tamanha personalidade me levou a outros horizontes, percebi que poderia ser mais feliz somente encarando de frente as possibilidades da vida. Anne tinha tão pouco, e ao mesmo tempo o mundo dentro de si, e nos dá uma bela lição de vida. 

Anne

Veja 3 fatos que tornam Anne tão especial, e que todos nós poderíamos seguir. 

1 – Anne não precisa de muito para ser feliz.

Anne possui muitos motivos para ser uma garota triste, e mesmo com tão pouco sempre está com um largo sorriso no rosto. Dentre tantas dificuldades, uma delas é possuir apenas um vestido, e isso de longe parecia um problema para ela. Problema este que foi solucionado quando Marilla lhe costura um outro vestido. Anne comenta que seu sonho é ter um vestido com mangas bufantes. Matthew fica sabendo deste desejo de Anne, junta suas economias e compra um novo vestido, do jeito que sempre sonhou, agora de vestido novo e com mangas bufantes Anne está radiante. Pode comemorar muito, afinal agora possui 3 vestidos.  

Anne nos ensina muitas coisas, dentre tantas, nos ensina que podemos ser felizes de verdade com muito pouco. Ela nos dá um soco no estômago ao nos fazer pensar se realmente precisamos de todas as coisas que adquirimos, tantos bens materiais, muitas vezes supérfluos, tantas coisas caras que gastamos e quase nunca usamos, será que precisamos de tudo isso para ser feliz? 

2 – Toda força que precisa Anne encontra em si mesmo. 

Não podemos deixar de perceber como Anne possui uma imaginação inspiradora, e isso é um grande diferencial. Apaixonada pela leitura, o tempo todo Anne cita trechos de livros de seus autores favoritos. Possui um jeito muito peculiar de se expressar, sempre muito falante, usa palavras rebuscadas, fruto de muita leitura e imaginação. 

“Acredito que há sempre algo bom para aprender nas situações. Mesmo as ruins. Eu acho que constrói o caráter”.

– Anne

O que a manteve viva diante de todas as dificuldades que passou foi sua imaginação. Mesmo quando tudo estava dando errado em sua vida não deixou de se imaginar como a Princesa Cordélia, com muita facilidade se deixava levar pelos seus sonhos e dentro de si foi onde encontrou toda a inspiração que precisava para seguir em frente sem deixar de sorrir. 

“Adoro contemplar o horizonte e imaginar as possibilidades”.

– Anne

3 – Anne não se fragiliza pelo fato de ser mulher.

A medida que vai crescendo, Anne se depara com situações que a faz refletir a respeito de beleza, casamento e profissão. Sendo uma garota independente e muito corajosa, não anseia ser apenas uma esposa quando crescer. Diferente de suas colegas de classe, Anne não se limita a se imaginar cuidando de uma casa cheio de filhos, e fazendo as vontades de um homem, afinal possui grandiosos sonhos que vão muito além disso. 

Anne possui um senso crítico muito forte, e muitas vezes questiona o posicionamento de suas amigas diante de determinadas situações. 

“Por que a garota deve esperar o garoto? Se eu quiser beijar, não posso ir e beijar o garoto?”

– Anne

Dentre muitas situações onde Anne expõe claramente seus pensamentos, existe um que é bem marcante, durante uma conversa com Marilla e Matthew, Anne questiona o fato de não poder fazer as mesmas coisas que os garotos.  

“Não entendo uma menina não poder trabalhar na fazenda… A senhora se considera frágil e incapaz? Porque eu não me considero!”

– Anne

Anne em nenhum momento pretende baixar a cabeça e deixar de ser quem realmente é, sabe que é órfã e veio de uma origem muito humilde, e isso não a impede de sonhar e expressar suas opiniões marcantes em uma época onde mulheres possuíam pouca voz. Anne sempre será a Anne com “E”.

Uma série atemporal e com temas tão atuais.

A série se passa na Ilha do Príncipe Eduardo no Canadá no início do século XX, em um mundo muito diferente do que vivemos hoje. Mas mesmo naquela época temas tão atuais já eram abordados. Bullying, racismo, homossexualidade, feminismo são alguns dos temas que a série aborda de uma forma muito envolvente.

Anne With an E vale a pena ser assistida do início ao fim, possui 3 temporadas disponíveis na Netflix. Admito que foi muito gratificante ter cruzado com a Anne na minha vida, uma personagem tão marcante e encantadora, que nos faz repensar muitos conceitos e atitudes a respeito da vida, nos inspira e seguir nossos sonhos,  nos induz a repensar o que vale a pena de verdade para sermos felizes. 

Anne e Gilbert

Não é o que o mundo tem pra você, é o que você traz ao mundo.

– Anne

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: